sexta-feira, 31 de março de 2017

O alcoólatra e o Psiquiatra



 
 
 
 
 
Arrependam-se dos seus pecados porque o Reino do Céu está perto! Mateus 3:2.

       Quando João Batista disse as palavras do verso de hoje, ele queria preparar o povo para o encontro com o Messias. O arrependimento cumpre exatamente este papel: prepara-nos para o encontro com Jesus e, consequentemente, nos leva à salvação.

       Quando Billy Graham realizava reuniões evangelísticas na Harringay Arena, um alcoólatra foi convidado a comparecer. Esse homem já havia sido desenganado por seu próprio psiquiatra.

       Contudo, naquela noite, o pouco de sobriedade que lhe sobrara fez com que ele pensasse sério no que ouviu. Pensou que talvez houvesse esperança para ele. Continuou a frequentar as reuniões. Certa noite, um forte apelo foi feito, e ele resolveu levantar-se na companhia de outros. Sentindo-se arrependido de sua vida como alcoólatra, aceitou a Jesus como salvador e saiu daquela reunião com o coração convertido.

       Naquela noite, antes de deitar-se, lembrou-se da bebida e estendeu o braço para procurar a garrafa. Ela não estava lá. Curiosamente, ele se sentiu aliviado por isso. Na manhã seguinte, ao acordar, o hábito fez com que de novo ele procurasse a garrafa de bebida. Não encontrou nada, e novamente se sentiu feliz.

       Ele resolveu que iria contar ao seu psiquiatra o ocorrido.

       – Você acaba de perder um cliente. Conheci a Jesus verdadeiramente e não bebo mais.

      O psiquiatra notou que havia convicção na voz daquele homem e disse:

       – Realmente, você está diferente. Talvez eu encontre ajuda também, pois tenho os meus problemas.

       O ex-alcoólatra levou o psiquiatra para assistir às reuniões, e este acabou por aceitar a Cristo também.

       Um ano depois, tanto o psiquiatra como o ex-alcoólatra contaram sua história de conversão para um público que lotava um famoso hotel de Londres.

       Quando somos sinceros em nossa busca a Deus, Ele nos ajuda a vencermos os hábitos errados.


Nenhum comentário:

Postar um comentário