sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Ele voltará



 
 
 
 
Está chegando o dia em que o Senhor Deus vai julgar o Seu povo. Sofonias 1:7.

       Os Alpes suíços contêm uma magia que fascina milhares de pessoas. Muitos turistas viajam até lá todos os anos.

       Em uma primavera, um homem decidiu caminhar por aquele lugar que se parecia com um cartão postal. Depois de atravessar alguns planaltos, e enveredar por caminhos pouco conhecidos, chegou às margens de um belo lago. Do outro lado, ele avistou uma propriedade. Resolveu ir até lá para conhecer melhor o lugar.

       Qual não foi a surpresa do turista quando encontrou uma bela mansão, com um lindo e cuidado jardim. Notou também que um jardineiro trabalhava ali. Aproximando-se, o viajante perguntou:

      – O dono desta propriedade mora aqui?

      – Não – respondeu o jardineiro. – Ele mora em outro lugar.

      – Mas ele deve vir aqui todo mês, não é mesmo?

      – Não, pois ele viaja muito.

      – Há quanto tempo ele não vem aqui?

      – Cerca de uns 20 anos.

      – Mas ele lhe manda notícias?

      – Nem uma vez.

      – E quem lhe paga o salário?

      – Um procurador do meu patrão.

      – Imagino, então, que o procurador venha aqui para lhe dizer o que fazer?

      – Ele nunca esteve aqui.

      – Mas, então, quem vem aqui para ver se o trabalho está sendo feito?

      – Dificilmente aparece alguém por aqui, pois o acesso é difícil.

      O viajante olhou ao seu redor e, depois, disse:

      – O senhor cuida deste lugar como se esperasse seu patrão vir amanhã!

      – Não, senhor! Procuro cuidar de tudo como se ele retornasse hoje.

      A Bíblia diz que o dia do retorno de Jesus está próximo. Você estaria preparado se Ele voltasse  hoje?
 
 

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Conforto na aflição


 













Descubra as respostas na Bíblia:
 

1- Está o povo de Deus isento de aflição? Sal. 34:19.

 

2- Como Deus trata os aflitos? Jó 34:28.

 

3- Que promessa fez Deus aos angustiados? Sal. 46:1.

 

4- Qual o sentimento de Deus diante do sofrimento de Seus filhos? Sal. 103:13.

 

5- Que disse Davi diante da aflição? Sal. 119:71.

 

6- O que aprendeu Cristo por meio da aflição? Heb. 5:8.

 

7- Que certeza podemos ter diante da aflição? Rom. 8:28.

 

8- Que promessa não devemos esquecer quando em aflição? João 16:20.

 
 
 

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Temores vencidos


 


 
 
 
 
O Senhor Deus é bom. Em tempos difíceis, Ele salva o Seu povo e cuida dos que procuram a Sua proteção. Naum 1:7.

       Scott Wesley Brown estava em seu quarto e se apressava para o concerto noturno. Depois de tomar um banho frio e trocar de roupa, sentiu-se pronto.

      Quando ele e seus companheiros voltaram para a clareira, o local estava abarrotado de pessoas ansiosas para ouvir a mensagem do evangelho através da pregação e dos hinos. Scott contemplou os rostos voltados para ele e percebeu como aquele povo era sofrido. As muitas doenças e os animais selvagens tornavam a vida daquela gente muito difícil. Contudo, eles estavam ávidos por ouvir da salvação. No final do concerto, o povo pediu aos músicos que continuassem. Eles atenderam e cantaram até altas horas. Quando finalmente ficaram com a voz rouca, eles encerraram a apresentação.

       O assistente do chefe daquela tribo africana levou Scott e seus amigos para seus quartos e deu-lhes instrução sobre os perigos de saírem dali durante a noite.

       – Existem serpentes venenosas na selva  – disse ele.

       – Por que vocês mantêm um círculo de fogo ao redor da aldeia? – perguntou Scott. – Não creio que é para obter calor.

       O assistente deu um sorriso e disse:

        – Não, o fogo não é para aquecimento. Na verdade, o fogo mantém os leões afastados da aldeia.

       Scott percebeu que não conseguiria dormir. Enquanto seu amigo se deitava, ele ficou sentado junto à porta, observando a selva escura. O silêncio da noite o levou a pensar nas promessas de Deus. Ainda sentia medo de estar na África, mas lembrou-se do privilégio de ser um instrumento para proclamar as boas-novas aos nativos daquele lugar. Ele seria a voz de Deus a todo que quisesse ouvir.

       Algumas lágrimas de emoção embaçaram sua visão, ao erguer os olhos para o céu estrelado. Ele agradeceu a Deus por permitir-lhe pregar o evangelho entre pessoas tão carentes.

       Quando nos colocamos nas mãos de Deus, Ele leva embora nossos temores e nos dá força e ânimo para realizarmos o trabalho que espera de nós. Confie nEle!